ISEG SUMMER SCHOOL 2016 | INTRODUCTION TO EFFICIENCY ANALYSIS IN R STATISTICAL PACKAGE | PETER WANKE

_ler +/more info in ISEG

_ler programa de seminários completo

_ISEG SUMMER SCHOOL 04-06 JUL 2016: How Rich Countries Got Rich...And Why Poor Countries Got Poor | Erik Reinert

Despesa e Redistribuição na Segurança Social em Portugal: Análise da Reforma de 2007

Seminário CEsA/CSG - Mestrado DCI/Doutoramento DED

Orador: Daniel Carolo

Data: 03 de Junho de 2016

 

 

HEGOA, Nº69, 2016 | Desenvolvimento Humano e aspectos da Cultura: uma análise da lógica cultural do PNUD em termos de poder

O Instituto de Estudios sobre Desarrollo y Cooperación Internacional (Hegoa), da Universidad del País Vasco, disponibiliza o Caderno de Trabalho nº 69 (2016), organizado por Juan Telleria, denominado Desarrollo Humano y Cultura: Un análisis de la lógica cultural del PNUD en términos de poder. Esta publicação tem uma particular importância, na medida em que discute criticamente a forma como os Relatórios do Desenvolvimento Humano do PNUD conceptualizam as noções de cultura e diversidade, anotando as suas contradições e incoerências, e analisa a forma como o PNUD veicula o que pode ser considerado uma noção própria de cultura. O que reforça, segundo os autores, a “linha simbólica que divide os países desenvolvidos dos países em desenvolvimento”, reincidindo assim nos pressupostos colonialistas do contexto do pós-Guerra Fria. A suposta imparcialidade dos relatórios é portanto questionada e surge neles uma dimensão política ainda irreconhecida que, para os autores, requer uma releitura e um novo olhar, enquadrando-se assim esta análise no plano da abordagem dos estudos pós-coloniais.

_ler +

 

III COOPEDU | Congresso Internacional em Cooperação e Educação

O Centro de Estudos Internacionais do Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL) e a Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do Instituto Politécnico de Leiria organizam, de 27 a 29 junho 2016, a terceira edição do Congresso Internacional «Cooperação e Educação» (III COOPEDU), com o objectivo de continuar a alargar e a aprofundar as problemáticas abordadas nas duas primeiras edições do congresso, bem como, integrar as novas dinâmicas suscitadas pela aprovação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Participam, entre os demais oradores e oradoras indicados no programa do evento, os membros do CEsA/CSG, respectivamente, o Prof. Luís Mah, com a comunicação «As Juventudes Partidárias Portuguesas e o Desenvolvimento Global: Um Estudo Exploratório», a investigadora Raquel Faria que juntamente com Ana Filipa da ACEP apresentam a comunicação: «O Desenvolvimento nos Media: percepções e visões dos jornalistas e profissionais da área do Desenvolvimento», e o Prof. Carlos Sangreman que integra o comité científico.

_ler +

 

NOVO WORKING PAPER CEsA/CSG | Gender Relations and The Dowry System in India - The Case of Hyderabad, de Manuela MOTA e Sara CASACA

O WP 143, da autoria de Manuela Mota e Sara Casaca, visa contribuir para uma compreensão mais abrangente das relações de género e do sistema de dote na Índia. É baseado num estudo qualitativo que resultou da aplicação de entrevistas a mulheres com diferentes formações que vivem na cidade de Hyderabad (sul da Índia). A percepção predominante das entrevistadas é que a educação promove a independência económica e simbólica. O principal argumento é que a educação é uma fonte fundamental de empoderamento das mulheres e abre perspectivas para desafiar o regime patriarcal, proporcionando a sua mobilidade social e económica e, consequentemente, conduzindo a uma sociedade mais igualitária. No entanto, o sistema de ensino (programas e currículos) necessita de ser adaptado a essa noção de igualdade de género, só assim será possível desconstruir a estrutura patriarcal dominante.

_ler paper

 

OIM, 2016 | Nova Publicação Electrónica: Fatal Journeys Volume 2: Identification and Tracing of Dead and Missing Migrants

A Organização Internacional para as Migrações (OIM) estima que, ao longo das últimas duas décadas, mais de 60.000 migrantes morreram tentando chegar a seus destinos, e isso só inclui as mortes registadas. Além da tragédia da perda de vidas, a maioria dos que morrem nunca são identificados. Este segundo volume (OIM, 2016) configura uma série de relatórios globais sobre estes desaparecimentos de migrantes, que agrega dois objectivos fundamentais: primeiro, fornece uma análise em profundidade dos dados disponíveis sobre mortes de migrantes para 2015. Os dados sobre o número e o perfil dos migrantes desaparecidos são apresentados para diferentes regiões do mundo, baseando-se nos dados recolhidos através do Projeto IOM’s Missing Migrants. Em segundo lugar, examina os desafios que enfrentam as famílias e as autoridades que buscam identificar e rastrear os migrantes desaparecidos. O estudo compara as práticas em diferentes partes do mundo e identifica uma série de medidas inovadoras que poderiam ser replicadas em outros lugares.

_ler +

 

OCDE, 2016 | Novas Directivas para as Organizações do Desenvolvimento, Multilateralismo e Cooperação Internacional: L’Aide Multilatérale 2015: De Meilleurs Partenariats Pour le Monde de L’Après-2015

A OCDE publica o dossiê L’Aide Multilatérale 2015: De Meilleurs Partenariats Pour le Monde de L’après-2015 (Comité d’Aide au Devéloppement: Vers un Devéloppement Efficace, 2016), um compêndio fundamental para os estudos em torno do tema do Desenvolvimento que poderá ser utilizado como manual prático para o fim da investigação neste domínio, identificando áreas onde é mais necessário agir para permitir que as organizações multilaterais funcionem bem no mundo pós-2015. No prefácio, Homi Kharas e Julie Biau (The Brookings Institution) afirmam que esta definição dos “Objectivos para o Desenvolvimento Pós-2015” representa um esforço concertado da reflexão em torno do Desenvolvimento em face das novas realidades que se colocam: depois do ano 2000, a situação económica e social dos países em desenvolvimento melhorou, as tecnologias modernas facilitaram o surgimento de novos actores participantes do financiamento para o Desenvolvimento, o que provocou transformações ao nível do volume dos fluxos, das novas prioridades na repartição dos fundos e na utilização de instrumentos financeiros mais inovadores. Os desafios actuais do Desenvolvimento (como as alterações climáticas, a segurança alimentar, as trocas comerciais e as migrações) são complexos mas também estão interconectados, e dizem respeito tanto aos países desenvolvidos como aos países em desenvolvimento. Por conseguinte, as organizações com acção multilateral são chamadas a desempenhar um papel cada vez mais determinante no encalce do Desenvolvimento no mundo como um todo. Daí que, este estudo surja no contexto de um novo ciclo e novas aplicações para os programas de financiamento para o Desenvolvimento para depois de 2015, no sentido de se abrir uma nova Era para o Multilateralismo e a Cooperação Internacional (ONU, 2014).

_ler +

 

GCSP e IOM | The Global Migration Crisis: Challenges and Responses

O Geneva Centre for Security Policy (GCSP) e International Organization for Migration (IOM) promovem, de 4 a 7 de julho de 2016, o curso The Global Migration Crisis: Challenges and Responses. Este curso pretende prover os participantes de uma perspectiva mais ampla da crise migratória global, tendo por objectivos analisar a crise: causas, prevenção e gestão; tendências, indicadores e sectores de intervenção; o desenvolvimento de políticas de migração globais e formas de intervenção inovadoras; propor um novo conjunto de estratégias para responder eficazmente à nova complexidade que representa a crise migratória; e analisar as implicações da crise da migração na segurança em larga escala.

_ler +

 

World Development Indicators 2016

World Bank Publications disponibiliza o World Development Indicators 2016, um relatório que fornece uma recolha estatística comparada a nível internacional sobre o Desenvolvimento. Dirige-se a governantes, estudantes, analistas, professores, gestores e cidadãos em geral focados na erradicação da pobreza e na promoção do Desenvolvimento mundial. Seis temas são utilizados para organizar os indicadores: as pessoas, o meio ambiente, a economia, os estados e os mercados, e as ligações globais.

_ler +

Cahiers d’Études Africaines | Mobilités et Migrations Européennes en (post) Colonies

A mais recente edição dos Cahiers d’Études Africaines é dedicada ao tema «Mobilités et migrations européennes en (post) colonies» (nº221, 2016/1). Este número pretende colmatar, segundo os autores, uma falha que existe no estudo destes temas, apresentando-se portanto como uma contribuição para pensar a questão dos “novos colonos” em trânsito, designadamente, os turistas, expatriados, europeus em África (Magrebe, África francófona, lusófona e anglófona), entre outros que não são comummente considerados migrantes, e respectivas mobilidades, diversidades históricas e contemporâneas, além das geográficas.

_ler +

 

PUBLICAÇÕES CEsA

BOLSAS

Concurso para atribuição de Bolsa de Investigação (BI) para Mestre

Encontra-se aberto, de 25 de Maio a 25 de Junho de 2016, concurso para a atribuição de uma (1) Bolsa de investigação para Mestre com a duração de 34 meses no âmbito do projecto de investigação «Narrativas do Oceano Índico no Espaço Lusófono», Refª PTDC/CPC-ELT/4868/2014, financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia e acolhido institucionalmente pelo CEsA-CSG/ISEG-ULisboa.

_edital

 

FCT Bolsas de Doutoramento e Pós-Doutoramento 2016

A FCT lança concurso para atribuição de bolsas de doutoramento e pós-doutoramento no período de 15 de junho a 15 de julho 2016, até às 17h (hora de Lisboa).

 

Concurso para atribuição de Bolsa de Criação Jornalística sobre Desenvolvimento

No âmbito do projecto «Aquele Outro Mundo que é o Mundo – o Mundo das Media e o Mundo do Desenvolvimento», foi criado um concurso anual para a atribuição de bolsas com o objectivo de promover condições para a realização de uma experiência de reportagem sobre temas relacionados com o Desenvolvimento. As reportagens devem realizar-se até 10 de Outubro de 2016. O prazo para apresentação de propostas termina a 30 de Junho e os resultados serão conhecidos até 31 de Julho.

 

CALLS/CONFERÊNCIAS

Congresso Diu e os Diuenses: Perspectivas Multidisciplinares

A FLUL e ISCTE-IUL convidam para apresentação de propostas de comunicações individuais ou em parceria para o Congresso «Diu e os Diuenses: Perspectivas Multidisciplinares», dias 27 e 28 de Outubro de 2016, que reflictam investigações sobre Diu, o seu território ou a sua população nas mais diversas disciplinas académicas e metodologias. Data limite 30 de Julho de 2016.

 

Submissão de artigos Revista Ciências e Políticas Públicas

O Centro de Administração de Políticas Públicas (CAPP/ISCSP) lança uma call for papers para o volume II da Revista «Ciências e Políticas Públicas», a serem publicados em 2016. Trata-se de uma revista científica bianual que reúne a investigação de académicos, policymakers, policy enforces e agentes sociais. A 2ª chamada termina a 31 de Agosto de 2016 (Vol.II, nº2).

 

XXVI Encontro da AULP

A Associação das Universidades de Língua Portuguesa (AULP), que reúne mais de 150 universidades e instituições de Ensino e Investigação dos países da CPLP e Macau, organiza nos dias 29, 30 de Junho e 1 de Julho de 2016, em Díli, Timor-Leste, o XXVI Encontro subordinado ao tema: «Rotas de Signos: Mobilidade Académica e Globalização no Espaço da CPLP e Macau».

 

Seminário l'Aide Européenne au Developpement

A AFD convida para o seminário L'Aide Européenne au Developpement, em Paris, de 27 de Junho a 01 de Julho de 2016.

 

2nd CODESRIA/CASBSummer School

O Council for the Development of Social Science Research in Africa e o Centre for African Studies Basel organizam, entre 22 e 27 de Agosto de 2016, em Dakar, a 2nd CODESRIA/CASB Summer School in African Studies and Area Studies in Africa, com o tema Interdisciplinarity in Area Studies: Basic and Applied Research.

 

IX Conferência Científica UEM

A Universidade Eduardo Mondlane (UEM) realiza, de 27 a 28 de Setembro de 2016, a IX Conferência Científica dedicada ao tema: «Investigação para o Desenvolvimento: Tendências, Desafios e Perspectivas».

 

12ª edição da Conferência Internacional da AFD

A 12ª edição da Conferência Internacional da Agence Française de Développement, que decorre entre 1-2 de Dezembro de 2016, em Paris, convida à apresentação de propostas até 01 de Julho de 2016.

 

_arquivo calls/conferências

 

MECANISMO | Consulte as linhas de financiamento internacional disponíveis

O CEsA dinamiza um mecanismo de pesquisa de financiamento internacional dirigido especialmente a ONGD portuguesas. O «Mecanismo» é promovido por quatro fundações portuguesas: Fundação Calouste Gulbenkian, Fundação EDP, Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento e Fundação Portugal África, com o apoio do Camões - Instituto da Cooperação e da Língua. Consulte as linhas de financiamento actualmente em curso ++

 

NEWSLETTER CEsA

Para receber notícias sobre as actividades do CEsA na sua caixa de correio virtual envie-nos os seus dados.