Joom!Fish config error: Default language is inactive!
 
Please check configuration, try to use first active language

CEsA Home

CEsA/ISEG 7 DEZ 2016, 14h30 | POVERTY TRAPS IN MOZAMBIQUE: AN ANALYSIS WITH SEM | Bernardo CALDAROLA

Bernardo CALDAROLA é assistente de investigação no âmbito do projecto em andamento "Estudos Aplicados Avançados em Desenvolvimento / Advanced Applied Studies in Development" (CEsA/CSG). Desenvolve uma pesquisa sobre pobreza rural e pobreza no sul de Moçambique. A análise caracteriza-se pela aplicação de um Modelo de Equações Estruturais aos dados recolhidos através da apresentação de um inquérito aos agricultores e pequenos proprietários da terra nos distritos de Chockwe, Guijá e Kamavota de Julho a Setembro de 2016.

_ler +

 

QUINZENA DOS DIREITOS DA CASA - Duas semanas a falar de Direitos na Guiné-Bissau

O CEsA é parceiro do evento QUINZENA DOS DIREITOS DA CASA - DUAS SEMANAS A FALAR DE DIREITOS NA GUINÉ-BISSAU promovido pela Casa de Direitos da Guiné-Bissau, que será composto por uma série de actividades que decorrerão entre 1 e 14 de Dezembro de 2016.

Para conhecer as actividades, consultar o Programa provisório AQUI.

 

NOVO WORKING PAPER CEsA/CSG NOV | GUINÉ-BISSAU: A EVOLUÇÃO 2010-2016, de Carlos SANGREMAN, Fátima PROENÇA e Luís Vaz MARTINS

O WP 148, da autoria conjunta de Carlos SANGREMAN, Fátima PROENÇA e Luís Vaz MARTINS (dois dos autores trabalham desde há muitos anos em projectos de pesquisa e desenvolvimento, em particular sobre a Guiné-Bissau, e o terceiro é guineense, vive e intervém civicamente no país, pelo que a sua capacidade de compreender os eventos constituiu uma mais-valia para a análise), é uma versão resumida do texto produzido acerca dos Direitos Humanos no âmbito do projecto Observatório de Direitos na Guiné-Bissau. Apresenta o contexto de instabilidade institucional e política que se vive no país, traçando cenários possíveis para um futuro próximo, já que dificilmente o Estado terá acesso a recursos para o realizar de eleições gerais antecipadas clarificadoras da situação e que tenham por base um compromisso político/constitucional que previna a repetição da situação actual. As fontes são escritas e orais, desde documentos oficiais dos órgãos de soberania, partidos e organizações da sociedade civil até entrevistas e conversas informais em Bissau.

Aceder ao WP AQUI.

 

NOVO WORKING PAPER CEsA/CSG NOV | THE POTENTIAL OF SUSTAINABLE DEVELOPMENT GOALS IN ENHANCING WELL-BEING OF ELDERLY WELL-BEING THROUGHT GREEN PUBLIC SPACES, de Mojgan CHAPARIHA

O WP 147, da autoria de Mojgan CHAPARIHA, investiga o bem-estar da população de idosos que habita as áreas urbanas, especialmente, os espaços públicos verdes (GPS) no plano de uma transição económica que prevê, em última instância, o bem-estar de pessoas. Esta análise pretende contribuir para facilitar a implementação de espaços públicos verdes nas cidades, através da introdução de indicadores para a monitorização SDG. Além disso, contribuirá para a formação da base conceptual da política SDG, que estará na base de um tratamento equilibrado dos 17 objectivos do Desenvolvimento Sustentável. Nessa deriva, este estudo foca-se nos espaços públicos verdes, na medida em que poderão ser considerados basilares para o bem-estar humano.

Aceder ao WP AQUI.

 

NOVO WORKING PAPER CEsA/CSG OUT| A POLÍTICA ECONÓMICA E SOCIAL NA GUINÉ-BISSAU – 1974 – 2016, de Carlos SANGREMAN

O WP 146, da autoria de Carlos SANGREMAN - e que surge no seguimento do artigo de Sangreman, C., Júnior, S., Zeverino, R. e Barros, M. [Lusotopie, XV (1), 2008] - , analisa as políticas económicas e sociais seguidas pelos diferentes governos guineenses desde 1974 até 2016, com um apontamento para o período colonial anterior no século XX, como foram concebidas, aprovadas e postas em prática. Encontra-se estruturado em cinco períodos, determinados pelo modo e as entidades que definem a governação do país, a estratégia existente da política económica e social, o papel do Estado, do mercado e da participação das populações na concepção e execução dessas políticas: 1) as políticas coloniais, até 1974; 2) os planos de desenvolvimento de iniciativa nacional, 1974 - 1986; 3) as políticas de ajustamento de iniciativa FMI/BM, 1986 - 1998; 4) as tendências caóticas na governação, 1998-2003, 2005-2007 e 2012-2014; 5) as políticas de recuperação, 2004 – 2005, 2008-2012 e 2014 - 2015.

Aceder ao WP AQUI.

 

NOVO PAPER | EFFICIENCY AND PRODUCTIVE SLACKS IN URBAN TRANSPORTATION MODES: A TWO-STAGE SDEA-BETA REGRESSION APPROACH, de Carlos BARROS

Novo paper do investigador CEsA/CSG Carlos BARROS, editado em co-autoria com Wanke, P. e Figueiredo, O., intitulado “Efficiency and Productive Slacks in Urban Transportation Modes: A Two-Stage SDEA-Beta Regression Approach", na revista Utilities Policy - Vol. 41, pp. 31-39 (com factor de impacto 1.110 e indexado na Science Direct).

 

Aceder ao paper AQUI.

 

 

NOVO PAPER | THE EVOLUTION OF JAPAN'S ROLE IN 'LUSOPHONE' AFRICA: FROM INTERTIA TO ACTION, de Pedro M. AMAKASU RAPOSO

Pedro M. AMAKASU RAPOSO, investigador do CEsA/CSG/ISEG, publicou o seu mais recente artigo no South African Journal of International Affairs, intitulado “The evolution of Japan's role in ‘Lusophone’ Africa: From inertia to action” (22 NOV 2016). Este artigo explora as relações do Japão com a África Lusófona nos últimos 60 anos. Questiona quais são os factores que impulsionaram no Japão a mudança de uma política externa baseada na inércia para uma política mais pró-activa. O colonialismo e o pós-colonialismo ligados à política da Guerra Fria tiveram um impacto negativo sobre as relações do Japão com os países africanos de língua portuguesa (PALOP) e com a África no seu todo. E, isso contrasta com o processo de "africanização" do Japão após 1990, reflectindo a mudança das circunstâncias externas e internas. Coloca-se a questão de saber se as relações do Japão com os Estados específicos dos PALOP e com o grupo como um todo foram influenciadas ou influenciaram a abordagem do Japão a longo prazo para outros Estados africanos. Por fim, o que caracteriza a aproximação do Japão aos PALOP? Os resultados mostram ganhos mútuos além da simples exploração dos recursos naturais para um crescimento sustentável de base ampla. Ainda assim, na perspectiva dos PALOP mais pobres, a cooperação para o desenvolvimento e os benefícios comerciais são desequilibrados e insuficientes.

Aceder ao paper AQUI.

 

FRASCATI MANUAL 2015: Guidelines for Collecting and Reporting Data on Research and Experimental Development


A OCDE acaba de publicar a OECD Statistics Newsletter (Novembro/2016). Destaca-se a notícia sobre o projecto Frascati Manual 2015: Guidelines for Collecting and Reporting Data on Research and Experimental Development, que consiste num manual organizado pela OCDE, Eurostat, União Europeia e UNESCO (entre outras), de divulgação de uma metodologia inovadora para a recolha de informação estatística na investigação científica e tecnológica. Reúne um conjunto de orientações que não pretendem padronizar a recolha estatística, mas que se baseiam na experiência adquirida com a recolha I&D, tanto na OCDE como em países terceiros. Resulta da coordenação científica do NESTI (OCDE Working Party of National Experts on Science and Technology Indicators), uma comunidade de investigadores que implementa há mais de cinquenta anos visões metodológicas progressistas para medição da inovação na ciência e tecnologia. Esse esforço produziu uma série de manuais metodológicos conhecidos como “Família Frascati”, que inclui - para além do manual referido - um conjunto de orientações sobre a medição da inovação (Manual de Oslo), dos recursos humanos dedicados à ciência e tecnologia, das patentes e que forneceu a base para as principais estatísticas e indicadores sobre ciência e tecnologia utilizados actualmente.

OECD (2015), Frascati Manual 2015: Guidelines for Collecting and Reporting Data on Research and Experimental Development, OECD Publishing, Paris.

_ler +

 

Encontro “Do DESAFIO À OPORTUNIDADE – Perspectivas para os Gestores de Ciência em Portugal": QUE CONCLUSÕES?

O CEsA esteve presente no encontro “Do Desafio à Oportunidade – Perspectivas para os Gestores de Ciência em Portugal”, apoiado pela Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, passado dia 28 de Novembro de 2016 em Lisboa. O encontro reuniu vários intervenientes do sistema de investigação e inovação a nível nacional e internacional com a finalidade de promover o debate em torno das competências e perfis dos (as) gestores de ciência e tecnologia, além de apresentar diversos percursos profissionais, áreas de actuação e dar a conhecer as mais-valias da acção destes (as) no sistema de ciência e tecnologia. Foram apresentados exemplos do que acontece em outros países. Por exemplo, foram referidos os casos da Dinamarca (DARMA.DK) ou da Irlanda (EARMA.ORG) que possuem associações de gestores e administradores que capacitam e garantem que a gestão de ciência seja reconhecida como uma profissão, condição para a excelência dos serviços de apoio à ciência. O programa incluiu duas mesas redondas abertas ao público, seguida de uma terceira sessão dedicada aos (às) gestores de ciência e tecnologia. Nesta última sessão discutiu-se o plano prático da operacionalização de uma rede de profissionais que criem interface entre os diferentes stakeholders do sistema tecnológico e científico nacional, bem como a existência de uma carreira que reconheça essas mesmas competências.

 

Making Development Co-operation More Effective – 2016 Progress Report

A OCDE e o PNUD publicam Making Development Co-operation More Effective – 2016 Progress Report. Um Relatório que resulta do exercício de monitorização global de evidências de progresso e da efectividade do Desenvolvimento e da Cooperação nos países. O Desenvolvimento e a Cooperação efectivos são pré-requisitos para o progresso sustentável e para a implementação da Agenda para o Desenvolvimento Sustentável 2030.

Aceder ao relatório AQUI.

 

Latin America Economic Outlook 2017: Youth, Skills and Entrepreneurship

A OCDE, o Development Bank of Latin America e as Nações Unidas lançam o Latin America Economic Outlook 2017: Youth, Skills and Entrepreneurship. Este relatório analisa os aspectos económicos e do Desenvolvimento social na América Latina. Oferece-se como comparativo da evolução da situação da América Latina desde 2007, ano em que foi lançada a primeira edição.

Aceder ao relatório AQUI.

SEMINÁRIOS Edição 2016 | consulte os materiais disponíveis AQUI.

KDL Edição 2016@CEsA/ISEG | assista ao live streaming e consulte aos materiais disponíveis AQUI.

 

RePEc IDEAS - Research Papers in Economics é uma base de dados bibliográfica de abrangência internacional e de acesso aberto que agrega uma vasta colecção de publicações das áreas de Ciências Sociais, Economia e Estudos de Desenvolvimento. Para mais informações sobre submissão de artigos os (as) membros devem contactar o gabinete de comunicação.

 

Bolsas/Oportunidades

O Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES) do Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE) abre concurso para atribuição de três Bolsas de Investigação de Mestre na área de Sociologia da Educação /Políticas Públicas da Educação. O prazo para apresentação de candidaturas decorre no período de 21 de Novembro a 5 de Dezembro de 2016.

 

_ler +

 

O Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES) do Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE) abre concurso para atribuição de uma Bolsa de Investigação no âmbito do Projeto “Apoio e Oposição à Imigração em Portugal numa Perspectiva Comparada” (Support and Opposition to Migration), (Referência PTDC/IVC-CPO/1069/2014). As candidaturas devem ser apresentadas até 2 de Dezembro.

 

_ler +

 

A Fundação Oriente concede bolsas de estudo para a realização de teses de doutoramento e de trabalhos de investigação em temas que relacionem o Extremo Oriente e Portugal nas áreas das ciências sociais e humanas. O prazo máximo de candidatura é 31 de Janeiro de 2017.

 

_ler +

 

O SOCIUS/CSG (ISEG/Ulisboa) divulga duas Bolsas de Investigação de Pós-doutoramento no âmbito do projecto UID/SOC/04521/2013. O concurso decorre entre 23 de Novembro a 8 de Dezembro de 2016.

 

_ler +

 

O SOCIUS/CSG (ISEG/Ulisboa) divulga Bolsa de Investigação para Mestre no âmbito do projecto “Policiamento e Imaginários Urbanos: Novos Formatos de Segurança em Cidades do Sul”, financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (referência FAPESP/19989/2014). O concurso decorre entre 23 de Novembro a 23 de Dezembro de 2016.

 

_ler +

 

O Bremen International Graduate School of Social Sciences (BIGSSS) abre duas bolsas Ph.D. e até três bolsas de Pós-Doutoramento. O prazo de candidatura decorre até 31 de Janeiro de 2017.

 

_ler +

 

O European University Institute abre bolsas para Ph.D. na área de Ciências Sociais (Economia, História e Civilização, Direito e Ciências Políticas e Sociais). O prazo de candidatura decorre entre 2 de Novembro de 2016 a 31 de Janeiro de 2017.

 

_ler +

 

Calls for papers/Conferências

[Esta secção disponibiliza periodicamente calls for papers e conferências que reportam aos domínios da Cooperação, Multilateralismo, Estudos Coloniais e pós-Coloniais, Estudos Africanos, Economia do Desenvolvimento e Estudos de Desenvolvimento.]

 

II Congresso Internacional de Estudos sobre África e Brasil: culturas híbridas, identidades plurais

O Núcleo de Estudos sobre África e Brasil (NEAB), da Universidade de Pernambuco, organiza de 18 a 21 de Setembro de 2017 o II Congresso Internacional de “Estudos sobre África e Brasil: culturas híbridas, identidades plurais”. A sugestão para os GTs deve ser feita até 30 de Janeiro e a inscrição de trabalhos até 21 de Maio de 2017.

 

call for papers: Dossiê Linguagens Descoloniais na Contemporaneidade latino-Americana

Chamada para publicação até 30 de Abril de 2017.

 

call for papers: Bulletin of Portuguese Japanese Studies

Encontra-se aberta chamada para artigos para a edição de 2017 da Bulletin of Portuguese Japanese Studies, com o tema “Nagasaki's role in regional interactions [16th-17th centuries]”.

 

Congresso Internacional Diálogos Interculturais Portugal-China

O Instituto Confúcio da Universidade de Aveiro (IC-UA), em parceria com vários Departamentos da Universidade de Aveiro (DLC, DeCA, DCSPT, DEGEIT), organiza de 15 a 17 de Fevereiro de 2017, em Aveiro, o Congresso Internacional “Diálogos Interculturais Portugal-China”. Aceitação de resumos até 31 de Dezembro de 2016.

 

Hallsworth Conference on China and the Changing Global Order

A Universidade de Manchester e o Departamento de Política e Estudos Internacionais (CARP), da Universidade de Warwick, organizam a Hallsworth Conference on China and the Changing Global Order a 23-24 de Março de 2017.

 

11th Annual Meeting of the Portuguese Economic Journal

O Centro de Estudos Transdisciplinares para o Desenvolvimento (CETRAD) da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) organizam a 11th Annual Meeting of the Portuguese Economic Journal de 7 a 9 de Julho de 2017. A chamada para participação encontra-se aberta até 15 Março de 2017.

 

Colóquio Internacional Sindicalismo e Trabalho em África

O Centro de Estudos Africanos (CEAUP) da Universidade do Porto e a Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses – Intersindical Nacional organizam um colóquio internacional sobre o sindicalismo e o trabalho em África que decorrerá de 29 a 31 Março de 2017 na Faculdade de Letras da Universidade do Porto. As propostas deverão ser enviadas até 31 de Dezembro de 2016.

 

Congresso Internacional Política e Cultura na Imprensa Periódica Colonial

Acontece, de 22 a 25 de Maio de 2017, em parceria como o projecto do CEsA/UA: "Memórias de África e de Oriente", o Congresso Internacional “Política e Cultura na Imprensa Periódica Colonial”. A fase de aceitação de comunicações abriu a 31 de Outubro de 2016 e encerra a 4 de Dezembro de 2016.

 

IV Congresso Internacional Lusófono de Educação Ambiental dos Países e Comunidades de Língua Portuguesa

Realiza-se dias 18, 19, 20 e 21 de Julho de 2017 o IV Congresso Internacional Lusófono de Educação Ambiental dos Países e Comunidades de Língua Portuguesa na região Autónoma do Príncipe.

 

Conferência Internacional Migrating out of Poverty: From Evidence to Policy

O consórcio “Migrating out of Poverty” organiza nos dias 28 e 29 de Março de 2017 a Conferência Internacional Migrating out of Poverty: From Evidence to Policy, em Londres.

 

EADI NORDIC 2017

O European Association of Development Research and Training Institutes (EADI) em parceria com Norwegian Association of Development Research (NFU) e a Universidade de Bergen (UiB) acolhem de 21 a 23 de Agosto de 2017 a conferência EADI NORDIC 2017. A chamada para participação em artigos encontra-se aberta até 16 de Janeiro de 2017.

 

EAJS2017

Decorre a EAJS2017 - 15th International Conference of the European Association for Japanese Studies na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, da Universidade Nova de Lisboa, de 30 de Agosto a 2 de Setembro de 2017. A chamada para participação foi alargada até 14 de Dezembro de 2016.

 

++ calls/conferências