Existem 300 Termos neste glossario. novo termo
Todos a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z
entradas
artigo
palavras chave: advocacy, Cooperação para o Desenvolvimento, Educação para o Desenvolvimento, jesuítas

Constituída em 2004, a FGS – Fundação Gonçalo da Silveira é uma ONGD, promovida pelos Jesuítas e tem como objectivo a divulgação, sensibilização e captação de recursos necessários aos projectos e acções que os missionários desenvolvem nas áreas da acção social, educação, saúde e desenvolvimento comunitário.

Para além de ser membro da Plataforma Portuguesa de ONGD, a organização é um dos membros fundadores da Fundação Rede Xavier, com outras cinco instituições europeias congéneres da Companhia de Jesus. Tem sede em Lisboa.

A FGS tem como objectivos lutar contra a pobreza e pela melhoria das condições de vida das comunidades mais desfavorecidas, em particular nos países lusófonos; e promover o conhecimento e sensibilidade para os problemas do desenvolvimento que conduzam a uma cidadania activa e solidária.

Nesse sentido, a fundação intervém em diversas áreas como o Apoio ao Desenvolvimento, através da realização de campanhas e projectos que visam apoiar as comunidades mais desfavorecidas; e nos mais variados sectores, entre os quais a educação, a saúde, a agricultura, a promoção social e a pastoral.

A Educação para o Desenvolvimento é outra das vertentes de actuação da FGS que realiza projectos de formação, assessoria, lobbying e advocacy com o intuito de sensibilizar a comunidade portuguesa para os problemas do desenvolvimento.

E ainda a Ajuda Humanitária de Emergência, através da realização de campanhas de angariação de fundos destinados a parceiros locais para situações de emergência devido a catástrofes naturais e conflitos.

PROJECTOS

A FGS foi criada para coordenar o apoio às missões dos Jesuítas em países como Moçambique, Angola,Timor e Portugal, embora estejamos a ampliar a nossa área de actuação, bem como os países de implementação dos nossos projectos.

Actualmente encontramo-nos à procura de financiamento para projectos essencialmente em Moçambique e no Burkina Faso. Em Moçambique, em contexto urbano, na cidade de Tete, o objectivo principal é construir um Centro Cultural e Académico Pedro Arrupe (ESCAPA) que visa apoiar a educação, o ensino e a investigação através de uma biblioteca, salas de estudo, ensino de informática e acesso à internet; sensibilizar para o HIV/Sida e promover actividades culturais. Nos arredores da cidade de Maputo, no Fomento, é necessário reabilitar, alargar e equipar a biblioteca e sala de leitura do Centro Social e Paroquial de São João Baptista, de modo a criar condições dignas para a utilização do espaço para estudo individual e em grupo, formações, palestras, capacitação, sendo especialmente usado por jovens estudantes, mas também por adolescentes, adultos e idosos.

No Alto da Manga, bairro circundante da cidade da Beira, é também necessária a renovação e expansão do Centro Cultural e Académico João de Deus Kamtedza, que já se encontra a funcionar, mas actualmente em condições precárias. É necessário renovar as estruturas existentes e construir um novo edifício que visa apoiar a educação, o ensino e a investigação, através de uma biblioteca, salas de estudo, ensino de informática e acesso à internet, bem como pretende levar a cabo actividades de sensibilização para o HIV/sida e promoção de eventos culturais.

Por outro lado, a FGS tem decorrer e já co-financiado pelo IPAD, um projecto em contexto rural, também na zona da Beira - Nhangau, que envolve actividades de construção de escolas, agricultura, saúde e educação. Pretende-se erradicar o isolamento em que vivem estas populações, ao participar no processo de alfabetização e formação profissional dos habitantes, de forma a promover a participação e envolvimento da comunidade no seu processo de desenvolvimento, com benefícios individuais e colectivos a nível de sustentabilidade, organização e soberania e segurança alimentar.

O projecto no Burkina Faso centra-se nas áreas de água e saneamento, tendo como objectivo principal a melhoria do acesso à água em 100 aldeias na região de Kaya, bem como promover a utilização de melhores serviços de saneamento para cada família e fornecer uma educação de base na área da saúde.

Os principais financiadores são o IPAD – Instituto Português de Apoio ao Desenvolvimento, doares privados e empresas.

Apesar de estar prevista uma categoria para inclusão dos relatórios no site da instituição, não se encontra de momento activa. De acordo com a organização, a questão está a ser tratada com um programador e ficará resolvida em Fevereiro. Entretanto os relatórios podem ser solicitados para consulta directamente à FGS.

CONTACTOS

Estrada da Torre nº26

1750-296 Lisboa

Telefone: (+351) 217 541 627 / 217 541 620

Fax: (+351) 217 541 629

E-mail: geral@fgs.org.pt

Site: www.fgs.org.pt

BIBLIOGRAFIA
  1. Francisco Correia, sj (2006), O venerável Padre Gonçalo da Silveira – Proto-mártir da África Austral (1521-1561), Editorial A.O. - Braga
regulamento