Existem 300 Termos neste glossario. novo termo
Todos a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z
entradas
artigo
palavras chave: crianças, mulheres, saúde, Timor-Leste

A FMT – Fundação Mater-Timor é uma ONGD, reconhecida pelo MNE – Ministério dos Negócios Estrangeiros, criada para desenvolver o projecto de construção e colocação em funcionamento de uma maternidade-escola, em Timor-Leste, que para além de dar toda a assistência antes e depois do parto ás grávidas de risco, servisse também de local de formação de técnicos (enfermeiras parteiras) especialistas em obstetrícia e apoio materno – infantil.

A ideia da sua formação surgiu nas comemorações do Jubileu em 2000, em que a Igreja portuguesa dinamizou a iniciativa de colaboração com a Diocese de Díli. O Papa João Paulo II concedeu a este projecto um apoio especial através de um donativo pessoal. Também a FIAMC – Federação Internacional das Associações de Médicos Católicos se associou ao projecto desde o início. A sede localiza-se em Lisboa.

A fundação tem como visão contribuir para a melhoria da saúde materno-infantil em Timor, através da criação de instituições humanitárias e de assistência médica, sendo uma iniciativa da igreja portuguesa.

O objectivo da criação da maternidade-escola Nossa Senhora de Fátima é reduzir a taxa de mortalidade materna e infantil em Timor-Leste, através da assistência às mães com gestação de risco e da formação de pessoal de saúde para assistência materno-infantil.

Além disso, a maternidade disponibiliza ainda o rastreio do cancro do colo do útero e um serviço de vacinas prioritário para a saúde materno-infantil em Timor.

A missão da FMT passa também por transferir a gestão e manutenção do projecto para uma fundação local dirigida pela Diocese de Díli, criando mecanismos de sustentabilidade de recursos humanos e materiais.

Com a maternidade-escola em funcionamento, a FMT estima dar assistência de qualidade durante a gravidez e o parto a 4.400 grávidas por ano, bem como a dar assistência médica neonatal a 4.400 recém-nascidos por ano. Além disso, prevê dar assistência ginecológica, obstétrica e serviço de urgência obstétrica às grávidas melhorando a sua saúde sexual e reprodutiva, reforçando em simultâneo os recursos humanos locais (enfermeiras, parteiras e médicos) com competências reforçadas pela Escola da Maternidade, através da realização de estágios práticos e sessões de formação. Desta forma, as parteiras formadas na maternidade estarão aptas a formarem outras parteiras locais nos distritos com menos acessibilidade. Está ainda prevista a criação de uma residência de acolhimento equipada para grávidas de risco.

Para além do apoio a nível da saúde materno-infantil, a maternidade poderá ainda funcionar como instrumento de sensibilização junto de comunidades através de parceiros promotores de saúde locais, no âmbito da saúde materno-infantil.

CONTACTOS

Rua da Beneficência, n.º 7 - 1.º

1050-034 Lisboa

Telefone: (+351) 217 931 435 / 217 961 303

Fax: (+351) 217 954 212

E-mail: matertimor@pastoraldasaude.pt

Site: www.matertimor.eu

NOTA

Informação ainda não confirmada pela instituição

regulamento