“Cooperação inter-universitária no domínio da formação pós-graduada em Economia e Gestão” entre o Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade de Lisboa (ISEG/ULisboa) e a Faculdade de Economia da Universidade Eduardo Mondlane (FE/UEM)

O ISEG/ULisboa e a Faculdade de Economia da Universidade Eduardo Mondlane (FE/UEM) empenham-se desde 2007 num ambicioso programa de cooperação inter-universitária visando o lançamento e consolidação do ensino pós-graduado em Economia e Gestão no ensino público de Moçambique. Este projeto é atualmente coordenado no ISEG pela Prof. Joana Pereira Leite e Prof. Luís Mota de Castro e na FE/UEM pelo Prof. José Chichava, beneficiando do enquadramento administrativo do CEsA-ISEG/ULisboa.

Os Mestrados em Economia do Desenvolvimento e em Gestão Empresarial, lançados na FE/UEM a partir do biénio 2007-2008, que têm contado com a participação ativa de docentes do ISEG, foram replicados com sucesso em 2009/2010 graças ao apoio financeiro da Cooperação Portuguesa, através do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua (ex-IPAD), da FE/UEM e da Fundação Calouste Gulbenkian. De salientar o facto deste programa ter sido objeto do melhor acolhimento por parte do Camões, I.P. (ex-IPAD), do que resultou na sua inclusão na avaliação do conjunto de projetos do Programa Indicativo de Cooperação Portugal-Moçambique (2007-2010).

Na sequência do acordo renovado entre ambas as instituições, prepara-se o ISEG para dar continuidade a este programa e colaborar ativamente com a FE/UEM nos próximos 2 anos (2014-2015), e que irá assumir novos contornos. Trata-se de ajustar a formação dos gestores e economistas moçambicanos por forma a responderem aos desafios de desenvolvimento do seu país. Tal situação conduz a FE/UEM a avaliar e reformular os planos curriculares dos cursos existentes, a diversificar a sua oferta de formação pelo lançamento de pós-graduações e de novos mestrados e, finalmente, ao aprofundamento da sua missão ao nível doutoral e da investigação.

Este projeto continua a ter o apoio fundamental da Cooperação Portuguesa e da Fundação Calouste Gulbenkian.

Promotores

noticia

 

noticia

 















Apoio

noticia

 

noticia