Narrativas Escritas e Visuais da Nação Pós-Colonial


Objectivos

Este projecto visa problematizar de que forma a narrativa literária e fílmica de Cabo Verde, S.Tomé e Príncipe e Guiné-Bissau, constitui um laboratório propício à construção de comunidades imaginadas e à projecção de novas identidades, ao recuperar estratégias da literatura oral, ou ao inscrever uma reescrita indigenista, de modelos oriundos da tradição oral ou da narrativa colonial, entre outros.
As narrativas africanas literárias e cinemáticas cabo-verdiana, guineense e são-tomense conjugam modelos culturais provenientes também de outras áreas culturais como o Brasil, os Estados Unidos, ou Portugal, aliando ao localismo uma dimensão global, em que a diversidade intertextual se revela campo de interrogação e de modelagem de novas identidades, provenientes de diásporas e de trânsitos ideológicos e culturais.
É nosso propósito indagar o papel da narrativa - em várias vertentes, como o romance, o conto, o filme, o documentário – bem como a produção paratextual paralela, através dos depoimentos de autores e de realizadores (e de autores simultaneamente realizadores) - na construção e desconstrução de conceitos como nação, etnia, diáspora, migração, transnacionalidade, configurando e desfigurando identidades, alicerçando a pesquisa de um suporte teórico adequado na área dos estudos pós-coloniais.
No âmbito deste projecto, será produzido um conjunto de ensaios sobre as representações da nação na narrativa literária e fílmica em Angola, Moçambique, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe e Guiné-Bissau, bem como serão realizadas entrevistas com escritores e intelectuais daqueles países, a fim de completar, no quadro dos países africanos de língua portuguesa, o estudo sobre a nação e narrativa pós-colonial, que possibilite uma análise comparativa da representação da nação entre os vários países africanos de língua portuguesa.


Financiamento
  • FCT – Fundação para a Ciência e Tecnologia


Equipa
  • Prof. Doutora Ana Mafalda Leite – investigadora responsável (CEsA/ISEG e FLUL)
  • Prof. Doutora Carmen Tindó Secco (Univ. Federal Rio Janeiro)
  • Prof. Doutora Hilary Owen (University of Manchester)
  • Prof. Doutora Jessica Falconi (CES/UC e Univ. Nápoles)
  • Mestre Kamila Krakowska (Universidade de Coimbra/Lisboa)
  • Mestre Livia Apa (Univ. Studi Napoli ‘L’Orientale’)
  • Mestre Maria Conceição Lima (escritora e jornalista S. Tomé e Príncipe)
  • Doutora Sheila Khan (UMinho)






 

Conheça mais sobre o proecto na página oficial

 

English version available here