Narrativas do Oceano Índico no Espaço Lusófono


Objectivos

Na sequência das produções teóricas que pautam a reflexão crítica e cultural sobre os espaços líquidos da contemporaneidade - do Black Atlantic (Gilroy, 1993) ao Atlântico sul (Santos, 2001; Vale de Almeida, 2000; Stam e Shoat, 2012) - O Projecto Narrativas do Oceano Índico no Espaço Lusófono fundamenta-se numa articulação teórica e disciplinar entre os Estudos do Oceano Índico - Indian Ocean Studies - e os Estudos Literários, Visuais e Culturais Lusófonos. Pretende-se deste modo colmatar uma lacuna disciplinar significativa motivada pela quase total ausência de um diálogo crítico entre estas duas áreas de estudos, sobretudo nos contextos de língua portuguesa. Observando a produção científica que se situa na área dos Estudos do Oceano Índico os estudos de natureza histórica, nas suas articulações políticas e antropológicas, sobressaem como os mais desenvolvidos, principalmente no que diz respeito ao período anterior à chegada dos europeus no Índico e à época pré-moderna, permanecendo menos aprofundados os períodos moderno e contemporâneo (Pearson, 2011). À luz destas considerações, julga-se que o diálogo disciplinar proposto por este Projecto aponta para potencialidades analíticas, conceptuais e epistemológicas de grande relevo e actualidade, proporcionando um alargamento significativo das áreas de estudo em objecto.


Apoio

FCT – Fundação para a Ciência e Tecnologia (PTDC/CPCELT/4868/2014)


Equipa

Prof. Doutora Ana Mafalda Leite – Investigadora responsável (CEsA/ISEG e FLUL)

Elena Brugioni (Instituto de Estudos da Linguagem, UNICAMP - Universidade de Campinas)

Giulia Spinuzza(CEsAISEG/Faculdade de Letras Universidade de Lisboa)

Jessica Falconi (CEsAISEG/UL)

Joana Passos, (Centro de Estudos Humanísticos Universidade do Minho)

Joana Pereira Leite (CEsAISEG/UL)

Kamila Krakowska (CEsAISEG/UL, Universidade de Leiden)

Meriem Belcadi (FLUL - Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa)

Nazir Can (Universidade Federal do Rio de Janeiro)

Rita Chaves (Universidade de São Paulo)

Sanaa Boutchich (FLUL - Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa)

Ute Fendler (Bayreuth International Graduate School of African Studies)