Ásia Oriental
Boletim trimestral de informação económica sobre a Ásia Oriental
vol. 2; nº 4; 4º Trimestre/1998 (Out.); ÚLTIMA EDIÇÃO

(continuação)

Índia - FICHA INFORMATIVA DA ECONOMIA

Situação política

No último trimestre não houve qualquer evolução muito significativa da situação política interna.

Um elemento importante a referir foi, no entanto, a evolução dentro do Partido do Congresso, onde a líder Sonia Ghandi tem vindo paulatina mas decididamente a marcar o seu terreno, vendo-se livre de alguns dos "barões" daquele que continua a ser, individualmente, o maior partido do país e sério candidato a regressar à área do poder nas próximas eleições.



Situação económica

Se comparada com a maioria dos países da Ásia-Pacífico, a situação económica da Índia é relativamente confortável: uma taxa de crescimento em 1998 que se prevê ser de 4%, um ponto percentual abaixo do de 1997.



Produção

O sector agrícola tem mostrado um crescimento significativo devido às boas condições climatéricas.

O sector industrial, no entanto, tem mantido um crescimento lento devido ao fraco impulso que as reformas económicas previstas têm transmitido à economia. Quase todos os sectores foram afectados mas aqueles em que a situação parece mais grave são o da construção automóvel e o têxtil.

Esta situação pode vir a agravar-se ainda mais se a significativa desvalorização das moedas do Sudeste Asiático --- nomeadamente da Tailândia, da Malásia e da Indonésia --- começar a produzir os seus efeitos de aumento das exportações destes países (p.ex., a dos têxteis indonésios e, mesmo, os automóveis da Malásia).



Comércio internacional

As exportações têm crescido muito lentamente, o mesmo acontecendo com as importações.

A Balança de Transacções Correntes, no entanto, tem conhecido uma degradação: o seu saldo deverá ser de cerca de -7,9 biliões de USD em 1998, contra os -5,6% de 1997. Isto fará com que ela passe a representar

-2,2% do PIB, quando em 1997 era de -1,6%.



Inflação

Contrariamente ao que tem sucedido na maior parte dos países da Ásia-Pacífico, os preços na Índia continuam a subir, com a taxa de inflação a acelerar entre 1997 (7,2%) e 1998 (10%). Em Jul/98 foi de 14,8%.



Moeda

A taxa de expansão da oferta de moeda será este ano de +18%, um ponto percentual mais que no ano passado, resultando na existência de liquidez suficiente no mercado.



Taxa de juro

A taxa de juro conheceu recentemente um ligeiro aumento, esperando-se que a taxa de juro dos títulos do Tesouro a 3 meses seja de 9%, quase 1,7 pontos percentuais acima do valor do ano passado.



Taxa de câmbio

A taxa de câmbio era de INR 42,3/USD, equivalente, à taxa actual desta moeda, a cerca de PTE 3$93/INR.

Aquele valor corresponde a uma pequena apreciação da moeda.



Reservas cambiais

As reservas do país eram, em Julho passado, de 24,3 biliões de USD, ligeiramente menos que a existente três meses antes.

Início do Boletim | Comentário | Breves | Mercado | Lições da crise | Topo desta página
China | Macau | Hong Kong | Taiwan | Coreia | Malásia | Singapura | Tailândia


Quaisquer comentários a esta webpage devem ser dirigidos a:
António M. de Almeida Serra ( aserra@iseg.utl.pt)

Copyright © CEsA , 1998
Última versão: 15 de Outubro de 1998