Joom!Fish config error: Default language is inactive!
 
Please check configuration, try to use first active language

CEsA arquivo de noticias 245

25-27 JAN 2018 | Congresso Ibérico de Estudos Africanos (CIEA10) – Call for papers

O Congresso Ibérico de Estudos Africanos (CIEA10), com lugar de 25 a 27 de janeiro de 2018, em Granada, convida à apresentação de comunicações, no âmbito do tema “Pessoas e culturas africanas: Identidades, poderes, saberes e tradições em feminino”. O período de submissão decorre até 13 de novembro de 2017. Estando em curso a celebração da “Década das Mulheres Africanas (2010-2020)”, o Congresso pretende revisitar os ‘activismos femininos africanos’, através das várias contribuições dadas, quer por homens quer por mulheres, sobre o tema. Da Comissão Científica constam, entre outros(as), Carlos Sangreman e Joana Pereira Leite, nossos membros. O Congresso homenageará num dos dias os(as) pioneiros(as) da iniciativa, Ferran Iniesta Vernet (Universidad de Barcelona) e Isabel Castro Henriques (CEsA-ISEG, Universidade de Lisboa). Paralelamente serão apresentadas publicações, tais como Mujeres, Mercados y Desarrollo: Perspectivas Africanas (Mulheres, Mercados e Desenvolvimento: Perspectivas Africanas, Albert Roca Álvarez, Ed., Icaria, 2017), a monografia Visões do Mundo Africano (URV, 2016) ou a versão traduzida para espanhol de Male Daughters, Female Husbands, Gender and Sex in an African Society (Filhas de Sexo Masculino e Mulheres Maridas, Género e Sexo numa Sociedade Africana, Ifi Amadiume, Zed Press, 1987). Está ainda prevista a apresentação de documentários, cujos títulos serão futuramente disponibilizados no programa final do Congresso.

_submeta a sua proposta aqui.

_confira a informação no site do evento, aqui.

 

Aberto concurso para a 4ª edição do Prémio "Jornalismo e Direitos Humanos"

O Prémio “Jornalismo e Direitos Humanos” (4ª edição), atribuído no quadro do Observatório dos Direitos, em parceria com LGDH, ACEP e CEsA, e apoio financeiro da Cooperação Portuguesa, tem o objectivo laurear e reforçar o papel dos jornalistas enquanto agentes de mudança de mentalidades na sociedade guineense, estimulando a construção de uma cultura de participação democrática e cívica, com vista à promoção e à defesa dos direitos humanos. O Prémio visa reconhecer os melhores trabalhos desenvolvidos sobre a temática geral dos direitos humanos, na imprensa escrita, rádio e televisão, difundidos entre 1 de janeiro e 31 de outubro de 2017.

_consulte o regulamento do concurso aqui.

 

In memoriam: Professora Eva-Maria von Kemnitz

O CEsA manifesta o seu profundo pesar pelo falecimento Eva-Maria von Kemnitz, académica reconhecida na área dos estudos orientais (estudos árabes e islâmicos). Em 2011, colaborou com o CEsA, no projecto “Ismailis e o Espaço Lusófono”, do qual resultou o seu benemérito artigo “Les ismaïlis dans la presse portuguese, 1975-2010” (in Khojas Ismaïli: Du Mozambique colonial à la globalisation, Ed. Nicole Khouri et Joana Pereira Leite, 2014). Foi directora do Instituto de Estudos Orientais da Universidade Católica Portuguesa, investigadora do Centro de Estudos de Comunicação e Cultura e coordenadora do Dicionário de Orientalistas de Língua Portuguesa. Deu contributo inestimável, no âmbito da sua colaboração com as Faces de Eva, ao pensamento sobre o estatuto das mulheres muçulmanas em Portugal e no mundo, tema ainda tabu e hoje tão pertinente. O CEsA presta homenagem à sua índole académica e dirige respeitosas condolências à família e amigos.

 

NOVO WORKING PAPER CEsA/CSG OUT 2017 | ROMA ANTIGA - UMA PERSPECTIVA DE ANÁLISE, de Maria Sousa GALITO

O WP 159, da autoria de Maria Sousa GALITO, revisita as origens dos romanos, para testar a hipótese do populismo ser consequência de um contexto de rivalidade acirrada. A primeira parte debruça-se sobre o modelo de integração das elites vizinhas no Estado romano e investiga se a falha deste sistema pode ter contribuído para a queda da Monarquia. A segunda parte é complementar e examina porque é que a República deixou de funcionar, testando a hipótese da sociedade romana, dos sécs. II e I a.C., ser elitista, oligárquica e populista.

_aceder ao WP aqui.

 

Obra Imaginários da História Cultural de Angola do autor e nosso investigador Alberto Oliveira Pinto distinguida em Luanda, Angola

Alberto Oliveira Pinto foi distinguido com o Prémio Sagrada Esperança (edição 2016) - promovido pelo Instituto Nacional das Indústrias Culturais (INIC) e pela Fundação Dr. António Agostinho Neto (FAAN) - pela obra "Imaginários da História Cultural de Angola". O autor recebe pela segunda vez este prémio, pois recebeu-o pela primeira vez, em 1998, pelo romance Mazanga.

(clicar na imagem para aumentar)

 

7 NOV 2017, 9h30 | Luís Mah, nosso investigador, no Seminário sobre as Relações Diplomáticas, Políticas, Históricas, Culturais e Económicas entre Portugal e a República da Coreia, na Assembleia da República

O Grupo Parlamentar de Amizade Portugal – República da Coreia e o Embaixador da República da Coreia em Lisboa promovem Seminário sobre as Relações Diplomáticas, Políticas, Históricas, Culturais e Económicas entre Portugal e a República da Coreia, a 7 de novembro de 2017, pelas 09h30, no Auditório António de Almeida Santos da Assembleia da República. Esta iniciativa reúne destacadas personalidades no âmbito das relações entre Portugal e a República da Coreia, tendo como oradores Enna Park, Embaixadora para a Diplomacia Pública da República da Coreia, Pedro Costa Pereira, Director-geral de Política Externa, Miguel Santos Neves, da Universidade Autónoma de Lisboa (UAL), Eurico Brilhante Dias, Secretário de Estado para a Internacionalização, Bruno Bobone, Presidente da Câmara do Comércio e Indústria Portuguesa, Luís Mah, investigador do CEsA e professor do Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG-ULisboa), Jaewon Lyu, Diretor-Geral da KOTRA Madrid, Ricardo Lopes, Director de Operações da Hyundai Portugal.

_consulte programa integral do evento aqui.

 


 


 

 

Aberto concurso para a apresentação de projectos ao European Instrument for Democracy and Human Rights (EIDHR) 2017. O período de candidaturas decorre até 9 de novembro 2017.

_ler+

 

Candidaturas abertas para a ERC Synergy Grant 2018. Prazo até 14 de novembro 2017.

_ler+

 

Aberto concurso da Fundação Calouste Gulbenkian de apoio a iniciativas-piloto na área da educação pré-escolar nos PALOP. O período de candidaturas decorre até 20 de novembro 2017.

_ler+